Pesquisar este blog

sábado, 16 de novembro de 2013

MIR E KERNEL 3.12 NO UBUNTU 13.10 DESEMPENHO FANTÁSTICO COM PLACA INTEL




Para você que atualizou o ubuntu para 13.10 recentemente e ficou com medo das notícias que divulgaram a respeito da adoção do MIR o novo compositor gráfico do ubuntu o substituto do velho X e que acabou por não vir como default no ubuntu 13.10 mais principalmente para aqueles que realmente mantém o kernel atualizado e que agora esta na versão 3.12 recomendo que instalem o MIR, pois mesmo com as alarmantes notícias de que a intel não daria suporte ao MIR nas suas placas a canonical fez um excelente trabalho e o suporte está simplesmente fantástico, mais para esta instalação recomendo embora não seja necessário a atualização para a versão 3.12 do kernel já direciona ao 14.04 que virá com o MIR por default, pois assim o desempenho será infinitamente maior para isso vamos utilizar arquivos DEB que ficam armazenados no site http://kernel.ubuntu.com/~kernel-ppa/mainline/ para isso isso clique no link e procure pela pastas v3.12-trusty/ na árvore de diretório que vai se abrir no navegador.

O próximo passo é já na pasta aberta pelo navegador, você vai encontrar vários arquivos o segredo aqui é saber qual arquivo é do seu sistema, pois são sempre três arquivos para instalação, e na origem estão distribuídos assim dois direcionados para i386 e dois para amd64 e um de uso geral nomeado como all.deb logo se você for instalar em um sistema de 32bits você vai baixar os dois arquivos terminados em i386 e o arquivo all.deb, se o sistema for 64 bits baixe os dois arquivos terminados em amd64 e o mesmo arquivo all.deb sempre tendo em mente que para qualquer sistema serão três arquivos, baixe para uma pasta criada especialmente para isso, apenas com estes arquivos e abra um terminal naquela pasta e neste terminal digite o seguinte:

sudo dpkg -i *.deb

Os aquivos serão instalados normalmente como se fosse uma atualização do sistema. reinicie o computador e já estará utilizando o novo kernel.

Para verificar a arquitetura do seu ubuntu se 32 ou 64 bits abra um terminal e digite o seguinte:

file /bin/bash | cut -d' ' -f3

A resposta será clara e no próprio terminal.  

Utilizando kernel 3.12 do trusty 14.04 você já vai sentir algumas mudanças na parte gráfica por que ao iniciar o sistema ele já busca o MIR mais ainda estará utilizando o servidor X, para utilizar o MIR digite os seguintes comandos um após o outro em um terminal esperando a sua completa conclusão e iniciando o outro em sequencia.

sudo apt-get update 

sudo apt-get dist-upgrade 

sudo apt-get install unity-system-compositor 

sudo restart lightdm 

Atenção esta sequencia de comando de terminal é apenas para quem não tem nenhuma versão de teste do MIR já instalada no sistema através de repositório PPA esta é a versão oficial do ubuntu, e quanto aos procedimentos da atualização do kernel este pode ser utilizado da mesma forma para qualquer atualização futura, pois o endereço acima é um disco FTP onde são guardados todos os kernel do ubuntu até os mais modernos e recentes, é apenas escolher a pasta mais nova que já constará na árvore de diretório e na verdade os procedimentos acima descritos de atualização do kernel é o que faz os scripts que são publicados na internet como arquivos de atualização do kernel do ubuntu somente que de forma automática, mais se estamos utilizando a forma manual não se faz necessário aguardar a boa vontade de que alguém publique um script na net.

OBS: disponível hoje 21/11/2013 a versão 3.12.1 do kernel para esta atualização e todas as futuras basta procurar pela pasta correspondente no site, e repetir a instalação como descrito no post e após algumas atualizações veja como limpar o kernel de versões antigas a maneira mais fácil é utilizando o ubuntu tweak, cuja instalação via ppa é facilmente encontrado em posts na internet.

4 comentários:

Nelton R. Souza disse...

Hugo

Quail o teste que pode ser efetuado para saber se o MIR está rodando e como medir o desempenho para saber realmente se é superior ao convencional?

Realizei os procedimentos descritos, apresenta um erro na inicialização, o que a deixou um pouco mais lenta, mas percebi que o sistema responde mais rápido as requisições.

Ainda estou avaliando, qualquer outra novidade informo por aqui.

Parabéns pelo blog!

Hugo Bastos disse...

Nelton geralmente se mede os frames do mesa e neste caso são bem superiores e acho que a inicialização é sim um pouco mais lenta por não se tratar do kernel original e por isso o sistema reporta este erro de USB que na verdade é pelo fato das configurações um pouco diferenciadas, entretanto as requisições são bem mais rápidas e o suporte a hardware muito mais amplo além dos driveres do kernel mais recente esta pequena perda na inicialização é compensada de longe pelo ganho geral de desempenho tanto no video como no sistema.

Hugo Bastos disse...

Gostaria apenas de explicar que embora conste na inicialização um erro este é recuperado durante a própria inicialização,por isso uma inicialização alguns segundos maior, entretanto o sistema inicia normalmente e muito melhor que o kernel default do ubuntu que continua na inicialização podendo iniciar por ele a qualquer momento.

João Gondim disse...

Olá, Hugo, parabéns pelo seu blog, acompanho ele há muito tempo. Tem como o processo de atualização para o kernel mais recente ser configurada para ficar automatizada?