Pesquisar este blog

domingo, 25 de dezembro de 2011

CENTRAL DE PROGRAMAS DO UBUNTU PODE DANIFICAR O SISTEMA PREFIRA O SYNAPTIC


É público e notório que o ubuntu 11.10 não vem mais com o gerenciador de pacotes synaptic, o que considero a mais infeliz das escolhas desta versão, pelo menos até que alguns defeitos da central de programas sejam efetivamente resolvidos, e o maior deles com certeza é o fato de não mostrar as efetivas alterações que vai realizar no sistema o que torna o programa perigoso até para usuários experientes, vou dar um exemplo tentei instalar o gparted e todos os complementos proposto para estes programa na central de programas do ubuntu, entretanto se você fizer isso vai perder completamente o acesso a partições NTFS, porque a central quando instala o complemento ntfsprogs, desinstala automaticamente e sem nenhum aviso o pacote ntfs-3g responsável pela leitura e escrita em partições NTFS, se esta instalação fosse realizada pelo synaptic haveria um aviso de confirmação das alterações e ali constaria que um pacote estava para ser desinstalado, e pelo menos usuários de médio a grande experiencia não seriam forçados a fazer uma besteira, a reversão desta situação é fácil basta instalar novamente o ntfs-3g, que ntfsprogs já será desinstalado e tudo volta ao normal, falta para esta central de programas um aviso sobre pacotes que serão desinstalados.
Mais ai você se pergunta mais o synaptic não vem com ubuntu 11.10, mais é fácil instalar pois não vem com a distro mais está nos repositórios oficiais, para instalar primeiro vá até canais de software e habilite todas as opções da aba aplicativos do ubuntu e na aba outro software procure habilitar, parceiros da canonical e independente, com todos os canais habilitados, conectado obrigatoriamente a internet abra um terminal e digite:

sudo apt-get update

clique enter e espere carregar o cache e no mesmo terminal digite:

sudo apt-get install synaptic

clique em enter e assista o processamento do download e instalação, depois e apenas chamar no campo de pesquisa do unity pelo programa synaptic e utilizar normalmente como nas outras versões, garanto que ainda é bem mais seguro.

sábado, 24 de dezembro de 2011

UM CANAL DE ATUALIZAÇÃO ESTÁVEL MAIS RÁPIDO PARA O FIREFOX E PRODUTOS MOZILLA NO UBUNTU 11.10


O desenvolvimento e consequentemente as atualizações do firefox em especial este dentre os demais produtos da fundação mozilla, sofreram uma grande aceleração movida pela acirrada concorrência imposta pelo chrome e pelo já combalido internet explorer, entretanto parece que o canal de atualização oficial do ubuntu não acompanha nunca este ritmo frenetico, por exemplo a versão atual do firefox é a 9.0.1, mais nos canais de atualização oficial estável encontramos apenas a versão 8.0, e com certeza vai acontecer como ocorreu na transição entre a versão 7.0 para 8.0, quando a versão 9 constar do repositório oficial já estaremos próximo do lançamento da versão 10, mais isso não é tão difícil de corrigir, basta acrescentar um repositório PPA estável dos produtos da mozilla para o ubuntu 11.10, não estou me referindo a repositório que trazem versões beta, mais a um repositório que lança as versões novas em data se não a mesma bem próxima, do lançamento oficial.
Para adicionar o repositório abra um terminal e digite o seguinte:

sudo add-apt-repository ppa:ubuntu-mozilla-security/ppa 

clique em enter, forneça a senha de root responda a pergunta de confirmação cliquando novamente em enter e após a instalação digite no mesmo terminal o seguinte:

sudo apt-get update

Espere a atualização do cache e abra o gerenciador de atualizações do ubuntu, veja que lá já vai constar a atualização do firefox para a sua versão mais recente.

OBS: No meu caso tanto da versão 7 para 8 que foi através do repositório oficial, como na versão 8 para 9 tive um problema de ficar o firefox em inglês, mais descobri o problema, que consiste no fato do pacote de idiomas instala o português do Brasil e também o de Portugal e talvez por um bug ambos acabam constando como desativados no gerenciador de pacotes de linguagem, voltando o firefox ao inglês default, basta abrir o firefox em ferramentas - complementos se estiver em inglês será Tools – add-ons e na aba linguagens ou no inglês language, clique no botão ativar ou no inglês enable, na opção português brasileiro language pack, feche e abra novamente o navegador e veja que já estará em português do brasil novamente.
** caso tenha problemas de desativação de extensões pois o ritmo da atualizações esta tão grande e tem algumas extensões que não estão acompanhando instale a extensão "add-on compatibility reporter" deste link e tudo voltará ao normal.

domingo, 18 de dezembro de 2011

SOLUÇÃO SIMPLES PARA MULTIPLOS MONITORES NO UBUNTU 11.10

Todos sabem que o suporte a placa de video intel no ubuntu é excelente, isso claro se comparado por exemplo ao suporte a placa de video sis e outras, mais o fato é que mesmo com todo este suporte não consegui ligar um monitor externo em um notebook eepc, e o fato é que por default os monitores vem configurados para agirem como um monitor único, uma configuração muito boa para quem tem dois monitores grandes e pretende usar como um só em um desktop, nada aplicável em um notebook onde o que se pretende é desligar o monitor do note e utilizar o monitor externo maior, pois espelhar a imagem de um monitor de um note que é 16:10 em um monitor externo por exemplo 4:3 é realmente impossível implementar com perfeição em qualquer resolução pretendida, pois o formato da imagem é totalmente diferente, um é retangular e o outro é quadrado, para falar a verdade esta configuração não consegue ser feita com perfeição nos termos em que foi descrita acima em nenhum sistema operacional, inclusive no windows em qualquer de suas versões inclusive na mais recente, mais a solução no ubuntu é até bem simples, basta instalar um pacote que vai fornecer ao ubuntu uma interface gráfica muito simples que transforma esta configuração em um brincadeira.

Para instalar o pacote abra um terminal e digite:

sudo apt-get install grandr

forneça a senha de root e aguarde  instalação terminar

outra forma de instalação é pela central de programas do ubuntu, onde ao abrir a central digite no campo de pesquisa a palavra telas isso no plural mesmo, no resultado da pesquisa instale o pŕograma múltiplas telas.

Após a instalação basta chamar no campo de pesquisa do unity por mul que vai aparecer o icone do programa multiple screens clique e vai abrir uma interface de configuração muito intuitiva no campo vertical do lado esquerdo a relação de monitores que ao ser clicado abre no campo horizontal do lado direito as configurações e a possibilidade de desligar em off, para desligar o monitor do note por exemplo, clique no icone correspondente esquerdo e marque off e depois clique em  apply, ele vai desligar depois com outro monitor já ligado desde o começo mesmo de forma precária e espelhando a imagem mesmo em 800x600, continue a configuração, clique no icone correspondente a ele não marque nada e escolha no campo a resolução correspondente, ou se preferir ou não souber a resolução correta, marque a aba auto e depois apply, o monitor externo vai funcionar de forma impecável e o do notebook vai esta desligado conforme o pretendido a única desvantagem é ter que refazer esta configuração a cada inicialização, mais é tão fácil que não significa nenhum esforço extra.

OBS: **Para espelhar inicialmente a imagem em 800x600, antes da configuração acima descrita viabilizando que o monitor externo funcione mesmo de forma precária, caso ela assim não já esteja por default,  abra o icone monitores e marque espelhar monitores e depois clique no botão aplicar.

Editado em 22 de abril de 2012

Atenção com o lançamento da versão 12.04 LTS, o pacote grandr  não será mais instalável naquela versão em diante permanecendo no 11.10, pelo simples fato de que todas as funções aqui descritas na versão 12.04, foram incorporadas a opção monitores, sendo necessário apenas como configuração desmarcar a opção espelhar monitores e desligar a opção bordas aderentes o resto é extremamente intuitivo, e com uma vantagem caso o vga fique conectado não se faz necessário refazer a configuração a cada boot.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

DICA ESPECIAL SOLUÇÃO BUG DO RECONHECIMENTO USB UBUNTU 11.10



Desde a versão 10.10 que o ubuntu vem paulatinamente negligenciando o reconhecimento USB entretanto na versão atual 11.10 a coisa chegou a prejudicar totalmente o reconhecimento USB, pois utilizo modem 3g e teclado e mouse externo USB em meu note e o reconhecimento esta terrível se reconhece o que esta em uma porta não reconhece o que está em outra e assim sucessivamente, pensei que se tratava de meu hardware, pois as vezes os bugs são específicos para determinado hardware, entretanto fui realizar uma instalação para um amigo do ubuntu 11.10 em uma CPU que o hardware estava muito distante do meu note e para minha surpresa lá estava o mesmo problema, a CPU as vezes deixava de lado o modem 3g ou o tecldo que no caso era usb, voltei ao meu note e percebi que se iniciar o computador com nada plugado em porta USB tudo que você vai plugando vai sendo reconhecido de forma impecável.

A solução pelo menos temporária para este bug é plugar os dispositivos usb incluindo modem 3g, apenas após o inicio completo do sistema, pois se iniciar o sistema com dispositivos plugados corre o sério risco de não ser reconhecido e não adianta retirar e plugar novamente após o inicio do sistema o dispositivo não vai ser reconhecido de jeito nenhum se iniciou o sistema com ele plugado e não foi reconhecido durante a inicialização.

Tenho uma teoria a respeito da origem deste bug, o reconhecimento USB durante o boot caiu junto com o tempo do boot da versão 10.10 ate a versão 11.10, logo se alguém tiver a vontade de corrigir, vai ter que procurar em algum componente de reconhecimento USB ligado ao boot, pois parece que algum programador exagerou na dose e desligou algum componente de boot para ganhar tempo e gerou toda esta confusão.

domingo, 6 de novembro de 2011

INSTALANDO UBUNTU 11.10 EM DUAL BOOT COM O WINDOWS 7, EM UM EEPC 1015 PEM

Parece simples, instalar o ubuntu em dual boot, entretanto fui surpreendido com muitas surpresas verdadeiras cascas de banana, deixadas pela Asus, quando um usuário do EEPC no meu caso um 1015 PEM, tenta instalar o ubuntu em dual boot com windows 7 que vem de fábrica, vou me concentrar neste post apenas nas especificidades desta instalação já que passando estas cascas de banana a instalação flui normalmente como todos os demais posts que constam de forma abundante de inúmeros posts.

A ASUS ao vender este netbook parece que faz questão de dificultar a instalação de outro sistema operacional que não o windows 7, arrumando algumas dificuldades extras para quem tem esta idéia, o meu note tinha o seguinte particionamento em seu HD de 320 Giga.
SDA

sda1 ---------------------------- NTFS com 107 G - sistema windows 7
sda2 ----------------------------- fat 32 - recuperação do windows7
sda3------------------------------NTFS - sistema de arquivo- com 197 G
sda4 ----------------------------- desconhecido 16MB

Veja que sda4 fecha quatro partições primarias limite máximo do disco, e mesmo que faça como eu fiz reduza o tamanho de sda2 no gparted rodando o ubuntu live para 167G sobrando um espaço livre de 30G não vai criar nenhuma partição sequer lógica, pois o disco suporta três primárias e várias partições lógicas, mais completando quatro primárias nenhuma lógica será criada, entretanto sda4 é apenas uma partição fantasma criada exatamente com este objetivo dificultar a vida de quem quer instalar o ubuntu em um eepc, delete sda4 no gparted através do ubuntu rodando live, após confirmar a redução de sda2 e a exclusão de sda4, temos apenas três partições primarias e 30 g de espaço livre que fornece espaço de sobra para as duas partições lógicas que precisamos, uma para home que será / e uma para area de troca swap.

Após a exclusão da partição criada pelo fabricante com o claro intuito de não permitir outro sistema operacional e o espaço livre criado temos que rodar o ubuntu de forma live neste dando o boot por um pen drive bootavel facilmente criado em qualquer versão mais moderna do ubuntu em outro computador usando o criador de disco de inicialização, pelo fato deste netbook não ter qualquer leitor optico, CD, DVD ou outra midia, o mais difícil neste modelo é ter que acessar o setup cada vez que tiver de iniciar live pois o pendrive tem que ser o disco principal, isso acessando o setup com ele espetado no netbbook é claro para este aparecer na lista de disco bootavel, para isso acesse o setup com F2, mais detalhes podem ser colhidos no manual de instruções em PDF que esta no disco rigido do netbook, com o ubuntu 11.10 rodando live, inicie a instalação, quando chegar no particionador clique em fazer outra coisa ultima opção de cima para baixo e acesse avançado.

Primeiro temos que criar uma partição lógica que dentro dos 30G disponíveis deve ocupar 28G pois tem que sobrar espaço para a partição de troca swap no caso 2G pois o nosso netbook tem 2G de memória fisica, o que se faz clicando no botão adicionar após selecionar o espaço livre como na figura abaixo claro que nosso espaço livre é 30G e não 8G, como esta ali, senão vejamos:

 
Depois de criar a partição desta forma com o valor de 28000 megabytes o que equivale a 28 G no lugar de 7589, estando tudo como na figura com a modificação do valor clique em ok e temos a partição / criada.



veja que agora sobrou apenas o espaço livre necessário a partição swap, que no nosso caso será 2000 mega, selecione o espaço livre e clique em adicionar novamente.



Crie a partição swap como na figura abaixo claro no nosso caso com um tamanho 2000 mega não com 1001, veja que o espaço é variável tendo que obedecer um espaço minimo de 12 G para que vai depender muito do espaço livre que você criar na primeira etapa ao reduzir sda2, recomendo apenas a partição swap com o equivalente a memória físca disponível, após clique em ok e a swap estará criada também como partição logica.



Com as partições criadas agora é apenas cliquar em instalar agora e a instalação prossegue como normalmente se faz para o ubuntu e já foi amplamente explicada em posts na internet


Qualquer dúvida sobre como reduzir sda2 ou deletar a partição desconhecida que impede a criação de partições lógicas, consulte mais em posts na internet sobre o uso do gparted que é o particionador utilizado na instalação do ubuntu e também pode ser acessado no menu de aplicações quando rodando live o sistema, para realizar alterações no quadro de partições de discos rígidos da máquina, pois a intenção deste post não é passar a informação de como instalar o ubuntu, mais as diferenças na instalação em dual boot com windows 7 no ASUS EEPC 1015 PEM e toda a linha ASUS EEPC recente que vem com windows 7.

sábado, 17 de setembro de 2011

UBUNTU 11.10 E PLACA DE VIDEO SIS 671 / 672 / 771 / 772



Faltam ainda alguns dias para que o ubuntu 11.10 seja lançado, no entanto resolvi testar o mesmo com o driver dos repositórios Git para sis 672 e serie que estou utilizando no ubuntu 11.04, um driver compilado de forma fácil na própria máquina, bastando para isso instalar os pacotes necessários a compilação e depois a compilação e instalação propriamente dita, mais no ubuntu 11.10 temos um complicador não há synaptic, o que dificulta muito o modo gráfico, pois a intenção era utilizar a central de programas do ubuntu para a instalação unica de programas, entretanto para libs e outros isso complica muito a utilização da parte gráfica para este fim mais o synaptic pode ser instalado de forma simples, embora esta versão também no unity não exista o botão aplicativo, abra o menu unico ali vocẽ vai ter um menu idêntico ao menu que se tinha no unity anterior quando se clicava no simbolo do ubuntu, entretanto com alguns simbolos abaixo clique no segundo simbolo, que parece uma igreja e terá menu de programa ali digite a palavra canais, e clique em canais de software, habilite todas as opções de canais, pois só estarão habilitadas duas, abra um terminal e digite:

sudo apt-get update

clique enter e espere o download do cache

depois no mesmo terminal digite:

sudo apt-get install synaptic

espere o download e instalação, e o seu sistema já terá uma interface gráfica completa para o apt, no meu caso tive que reiniciar para que o unity reconhecesse o synaptic, mais com ele instalado e reconhecido pelo unity, repita o procedimento acima para chegar ao menu de programas e digite desta vez na pesquisa o nome synaptic e clique em gerenciador de pacotes synaptic, com o gerenciador de pacotes aberto, vamos a instalação dos pacotes necessários. quando abrir o gerenciador de arquivos o seu uso é simples se restringe a pesquisar marcar para instalação e aplicar a instalação dos pacotes, que podem ser instalados em lote bastando marcar todos eles para instalação e aplicar ao final, para pesquisar clique no botão procurar com uma lupa logo do lado direito, e na janela que abrir digite o nome do pacote, para marcar no resultado da pesquisa vai aparecer um pacote com o mesmo nome, clique com o botão direito do mouse e depois clique na opção marcar para instalar e depois confirme, e após marcar quantos pacotes queira clique em aplicar na barra de tarefas na parte superior do programa e depois é so assitir, lembrando que é obrigatório esta conectado a internet, os pacotes a ser marcados e instalados para a compilação são os seguintes: 

git 
xorg-dev 
mesa-common-dev 
libdrm-dev 
libtool 
build-essential


OBS: confirme as mudanças oferecidas em outros pacotes, e alguns já podem esta instalados ou já marcados para instalação deixe estes como estão e a falta de alguns destes pacotesou suas dependências levam o procedimento ao fracasso total. 

após a instalação vamos baixar o driver propriamente dito o que neste caso se faz através de um repositorio especifico, através de um comando que vai baixar automaticamente o driver para a sua pasta pessoal, para isso abra um terminal e digite o seguinte: 

git clone git://github.com/hellnest/xf86-video-sismedia-0.9.1.git 

aguarde o final do download e o source code do driver vai esta em sua pasta pessoal o proximo passo é acessar a pasta do codigo portanto no mesmo terminal digite e clique enter 

cd xf86-video-sismedia-0.9.1 

Agora vem o pulo do gato é aqui onde esta o diferencial desta compilação pois o comando de configuração abaixo garantiu uma incrivel compatibilidade de compilação com o ubuntu, para configurar o driver no mesmo terminal entre com o comando: 

./configure --prefix=/usr --disable-static 

O driver já vai estar preconfigurado para o seu sistema seja ele 32 ou 64 então entre no mesmo terminal com o comando abaixo para criar o driver 

make 

Agora o driver esta configurado e criado para o seu sistema vamos instalar, pois esta instalação é muito diferente da deb, basta entrar no mesmo terminal com este outro comando: 

sudo make install 

Pronto agora o driver foi configurado, criado e instalado reinicie o sistema e ele já vai estar operando em 1280x800 neste caso não se faz necessário xorg.conf. 

para os que tem resolução 1366x768 crie um arquivo de texto em branco com o gedit chamando no terminal sudo gedit e navegando ate a pasta /etc/X11 e nomeie este arquivo como xorg.conf e cole os codigos abaixo e salve: 

Section "Device"
Identifier "Configured Video Device"
Option "UseTiming1366" "yes"
EndSection

Section "Monitor"
Identifier "Configured Monitor"
EndSection

Section "Screen"
Identifier "Default Screen"
Monitor "Configured Monitor"
Device "Configured Video Device"
EndSection


Agora que o sistema já esta funcionando vamos configurar a saida de video para que esta seja compatível com o driver conforme descrevemos acima, para isso entre com o comando abaixo em um terminal. 

gstreamer-properties 

A janela que aparecer sera identica a que ilustra este post, deixe as opções da aba video o mais parecida possivel com a do post clique na imagem acima para ampliar.

O problema com o totem e banshee pelo fato deste driver reconhecer apenas a saída xwindow (x11/xshm/xv) de vídeo, e estes player considerados muito modernos ter dificuldade de lidar com este tipo de saída, recomendo a instalação do SMplayer uma interface gráfica completa baseada no QT a mesma biblioteca base do unity e KDE para o mplayer, bonita e completa e que lida muito bem com esta saída de video, bastando para isso ir em opções - preferencias e na aba video da opção geral habilite em output driver a opção x11(slow) e o smplayer vai reproduzir tudo de forma normal com este driver.

Atenção o ubuntu 11.10 ainda é um software beta e apenas seu lançamento que se dará segundo calendário oficial em 13 de outubro de 2011, não recomendo a sua utilização em ambiente de produção até o lançamento.

Este post é uma atualização do post que fez a instalação deste mesmo driver no ubuntu 11.04 que traz na sua versão original ainda um link para um script, que não inclui pelo fato de não ter sido ainda testado no 11.10, mais que tenho certeza funciona, uma vez que exceto alguns detalhes de exclusão de programas o procedimento é exatamente o mesmo e pode ser acessado aqui.

Faltando agora apenas três dias para o lançamento oficial do ubuntu 11.10, instalei o mesmo em um disco rígido e tive uma surpresa desagradável, pois testando de um pen drive bootavel não era possível, testar o desempenho do plymouth, que necessita de reparos, e podem ser feitos abrindo um terminal e digitando:


sudo gedit /etc/default/grub


clique em enter e no arquivo que abrir busque a linha

#GRUB_GFXMODE=640×480

abaixo desta linha adicione uma outra linha copiando a linha abaixo


GRUB_GFXPAYLOAD_LINUX=1280×800


salve e feche o arquivo, e no mesmo terminal ainda aberto digite o seguinte:


sudo update-grub2 && sudo update-initramfs -u


clique em enter e espere o processamento terminar e reinicie o sistema, pronto o efeito televisão velha já vai ter terminado.

Há um post mais recente de março de 2012 que traz explicações sobre a aplicabilidade desta instalação em versões mais avançadas do ubuntu e derivados como o kubuntu, xubuntu e lubuntu dentre outros, para acessar clique no link abaixo.

http://www.diversosassuntosbrasil.blogspot.com.br/2012/03/solucao-video-sis-671-672-771-772-e.html

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

UM CANAL PPA BETA EXCLUSIVO PARA O FIREFOX NO UBUNTU 11.04


Se você é do tipo que gosta da ultima versão que seja utilizável do Firefox mais se ativar o canal PPA da mozilla vai atualizar também outros software da mozilla como o thunderbird por exemplo e você pretende apenas atualizar o Firefox especificamente, temos a solução para o seu problema um canal de repositórios PPA que traz sempre a ultima versão beta do Firefox e apenas deste navegador, e apenas para o ubuntu 11.04 ou seja não adianta ativar este canal em nenhuma outra versão do ubuntu anterior ou posterior a esta, a grande vantagem é exatamente esta é um repositório especifico, não fazendo modificações muito grande no sistema, para ativar este repositório abra um terminal e digite:

sudo add-apt-repository ppa:silverwave/testing4

clique enter e espere a instalação do repositório e da chave, após isso no mesmo terminal digite:

sudo apt-get update

clique em enter e espere a atualização do cache, após isso feche o terminal e abra o gerenciador de atualizações, faça as atualizações e após isso o seu firefox já estará na ultima versão beta, que atualmente é o firefox 7 beta 4, que está bastante rápido e com uma utilização de memória do sistema extremamente pequeno e não há nenhum bug grave, qualquer um se utiliza dele normalmente, além do que a dinâmica deste repositório é ir com a atualização das versões beta até o lançamento e com lançamento do beta 1 da próxima versão ela já faz parte do repositório e assim sucessivamente, por exemplo agora vai com firefox 7 ate versão final, logo após a versão final será lançado no repositório o firefox 8 beta 1 assim não há nenhum alpha e temos sempre software sem muitos defeitos, capaz de ser utilizados por iniciantes. 

Edit: Entrou hoje 01 de outubro de 2011 neste repositório o firefox 8 beta 1, estou surpreso este é o primeiro firefox a passar pelo teste acid3 com nota 100/100, é inovador ate nos gráficos de verificação de compatibilidade e outras configurações, detalhe que não comentei no post original, a instalação deste canal não é lado a lado coexistindo as duas versões a antiga e a mais nova, a instalação aqui realmente substitui o firefox tornando o beta default, mais já é beta por isso não traz nenhum problema para seu sistema, pelo contrário no caso do firefox 8 vai trazer é um alivio enorme de memória.


link teste acid 3


http://acid3.acidtests.org/

Para problemas de extensões desativadas, utilize a solução do link abaixo, embora se refira ao firefox 5 serve para qualquer versão.


http://diversosassuntosbrasil.blogspot.com/2011/06/solucao-problema-desativacao-de.html

 



quinta-feira, 18 de agosto de 2011

GNOME 3 NO UBUNTU 11.04 2D COM SIS 672 E OUTRAS PLACAS DE VIDEO SEM ACELERAÇÃO


Vou relatar neste post, como instalei o gnome 3 no ubuntu 11.04 utilizando a placa de video sis 672 portanto já utilizava o unity 2D, tive gratas surpresas e alguns inconvenientes mais pesando os prós e contras acho que sai ganhando, antes de partir para a aprte mais simples que é a instalação do gnome 3 propriamente dito que não tem nenhuma complicação trata-se de apenas três comandos, isso no caso de 2D mais para uma instalação 3D a coisa se modifica um pouco, mais abaixo podemos ver as vantagens e desvantagens da instalação pese você também e continue a ler se ver que vale a pena:

vantagens

Maior riqueza e nitidez gráfica em janelas pelo uso da biblioteca gtk 3.0, importante para quem se utiliza de uma placa pobre como a sis.
Mais organização dos menus do gnome propriedade de janela etc.
A atualização do totem para versão 3.0 solucionou vários bugs quando este programa era exibia vídeo em 2D, inclusive com o driver git para sis 671/672/771/772.
Mais recursos no gedit

desvantagens

Unity volta para a versão anterior e não utiliza a área de trabalho
Bug no mousepad que não atende ao toque como botão esquerdo sendo necessário acionar o botão, no próprio mousepad para quem utiliza mouse não há nenhum tipo de incomodo.

para instalar o gnome 3 basta abrir um terminal e digitar o seguinte :

sudo add-apt-repository ppa:gnome3-team/gnome3

clique enter e espere depois no mesmo terminal digite:

sudo apt-get update

espere o cache atualizar e depois digite sempre no mesmo terminal, o seguinte:

sudo apt-get dist-upgrade

O download é bem grande ultrapassa 200 mb, espere acabar o que depende de sua conexão e a instalação também será demorada, reinicie o computador, ao abrir GDM não utilize a entrada unity 2D redirecione o boot para ubuntu 2D.

* para os que tem o 3D ativado basta além do que foi dito acima incluir mais um comando após o último do terminal, que é o seguinte:

sudo apt-get install gnome-shell

para 3D inicie normalmente pela entrada padrão do GDM.

OBS: como se trata de um sistema em desenvolvimento e sempre estão adicionando e retirando pacotes pode ocorrer que ao ser atualizado no gerenciador de atualizações fiquem pacotes desmarcados nos que forem referentes a sua atualização o que pode ser verificado uma vez que nas versões mais recentes do gerenciador de atualizações existe uma espécie de subdivisões de atualizações e que destaca a fonte dos referidos pacotes, quando nos que forem referentes ao gnome3 ocorrer o que foi descrito acima repita o comando sudo apt-get dist-upgrade no terminal e pronto será tudo atualizado normalmente, desinstalando e instalando o que for necessário, mais vai aqui uma ressalva nunca refaça o comando sem antes dar um tempo como por exemplo de meio dia e nova verificação de atualizações ai sim repita o comando, pois a causa da atualização não marcada também pode ser sincronização do repositório.

Solução bug no mousepad - na barra lateral do unity, clique em aplicativos, busque por configurações do sistema, clique no botão mouse e touchpad na aba touchpad, ative as duas primeiras opções, que são, desabilitar touchpad enquanto digita e habilitar clique do mouse com touchpad, feche a janela e pronto o bug estará solucionado, o problema é exatamente porque estas duas opções estão desmarcadas.

Mais opções de personalização - através de um comentário do Blog de teste fui pesquisar a respeito de atalhos e outras configurações da área de trabalho, para iniciar, resolvi mudar o pacote de ícones utilizado pelo sistema para o faenza que é muito bonito e funcional e já estava instalado no meu sistema, mais para minha surpresa não tinha como fazer esta personalização, mais tenho a solução para esta e outras mudanças de aparência e algumas funcionalidades do sistema utilizando gnome3, basta instalar o pacote gnome tweak tools, um centro de modificações avançadas do gnome3, que permite mudar ícones, decorações de janela, fonte e muito outros itens do sistema, para instalar abra um terminal e digite:

sudo apt-get install gnome-tweak-tool

espere a instalação encerrar e depois clique em aplicativos na barra lateral do unity e busque por ajuste avançado de configurações abra este programa e embora não tenha tradução e seja em inglês é tão intuitivo que dispensa comentários.


Contribuição do usuário blog de teste

reativação da área de trabalho no gnome3 em 2D

Na verdade este post começou comigo e se tornou amplamente colaborativo, quando o amigo acima que tem o total crédito da presente ideia, apresentou a solução nos comentários deste post, que consiste em instalar além do gnome-tools o dconf-editor, para recuperar a utilização integral da área de trabalho e garanto a vocês funciona como um relógio, para instalar o pacote abra um terminal e digite o seguinte:

sudo apt-get install dconf-tools

após a instalação clique em aplicativos na barra lateral do unity e busque por dconf editor, clique no icone ao abrir o programa procure na arvore na lateral esquerda e procure a seta correspondente a entrada ao clicar nesta vão aparecer outras opções busque dentre as que forem reveladas por gnome clique na seta para outras opções e dentre estas escolha desktop e mais opções vão surgir e dentre elas escolha background ao cliquar nesta opção marque a opção que vai surgir no campo direito da janela do programa show-desktop-icons nunca clique no botão set to default pois vai voltar a antiga configuração, simplesmente feche a janela e a configuração já vale, a área de trabalho estará ativa novamente como na versão anterior.

Para escolher que ícones deseja visivel na área de trabalho computador, lixeira ou rede, faça o mesmo que acima entretanto o caminho agora é org - gnome - nautilus - desktop e no campo da direita marque ao seu gosto, computador - computer-icon-visible, pasta home - home-icon-visible, rede - network-icon-visible, para ter os volumes montados na área de trabalho marque a opção volumes-visible

Veja os comentários deste post existem muitas correções fora esta descrita acima que podem ser realizadas com esta poderosa ferramenta.

Com todas as modificações acima descrita voltei a ter praticamente o unity que tinha antes de instalar o gnome3, não modifiquei apenas o comando do teclado que achei crtl+delete, bem mais seguro que apenas delete como era antes logo ganhei em gráfico, usabilidade e segurança ao final deste post que recebi colaborações valiosas, que sanaram praticamente todas as desvantagens descritas no inicio do post.

Dica especial: editada em 05/09/2011

Tive problemas com o adaptador bluetooth, pois o gerenciador que acompanha o gnome2 embora não seja desinstalado automaticamente não funciona no gnome3, entretanto a solução é bastante simples basta instalar o pacote blueman, um excelente gerenciador que funciona normalmente com gnome3 e bastante intuitivo, para instalar basta abrir um terminal e digitar o seguinte:

sudo apt-get install blueman

clique em enter e espere a instalação busque por blue na busca do aplicativos do unity e clique em gerenciador bluetooth.

sábado, 6 de agosto de 2011

LIBREOFFICE 3.4 NO UBUNTU 11.04 FORA DO PPA NUNCA INSTALE


Esta semana tentei instalar o libreoffice 3.4 no ubuntu 11.04, pois sou advogado e tenho que utilizar um bom editor de texto, e estou sempre recebendo arquivos de outras pessoas quase sempre docx, doc e outros formatos nativos da microsoft é fato que a cada versão do libreoffice a compatibilidade com estes formatos aumenta se bem que já é excelente na versão 3.3.3, mais fui surpreendido por um fato não existe o libreoffice 3.4 para ubuntu 11.04 nos repositórios PPA, apenas para a versão alpha ubuntu 11.10, que não é recomendado para ambiente de produção como o meu, vasculhando a internet percebi que todos post se reportavam a instalação dos arquivos avulsos deb que podem ser baixados no site oficial da libreoffice, após a desinstalação da versão que já estava instalada, antes tivesse atualizado o próprio ubuntu para a versão alpha, os problemas teriam sido menores.
O maior problema desta instalação de arquivos deb avulsos, reside no fato de que estes pacotes serão instalados na pasta OPT e buscarão ter todas as configurações de forma independente do sistema, ficando como um sistema à parte dentro do ubuntu, e digo a todos isso no caso do ubuntu gera inúmeros problemas ao sistema e a própria suite, pode ser que em outras distros que utilizem pacotes deb estes problemas não existam, mais no ubuntu pude comprovar que gera estouro de memória, sendo este o principal problema geral do sistema, e problemas também para a própria suíte, entre muitos para mim o principal foi o funcionamento irregular do corretor gramatical que marca todas as palavras como erradas, mesmo excluindo todos os outros dicionários e deixando apenas o português do Brasil, fora problemas em outros programas da suite, tudo isso causado por este tipo de instalação dentro do ubuntu que embora seja uma distro em linux e instale pacotes deb, tem configurações muito especificas e personalizadas dadas por seus desenvolvedores.
A conclusão é que no ubuntu não instale o libreoffice a não ser dos repositórios oficiais ou dos PPA, nunca instale esta suite office através de pacotes avulsos nesta distro, pois a quantidades de problemas para o sistema e para a própria suíte pode ser muito grande e terá muito trabalho como eu tive para voltar tudo como era antes, no meu caso não tive que reinstalar o sistema mais tive que verificar onde tinha sido feito modificações de configuração excluir estas modificações para quando reinstalar o libreoffice do repositório PPA este fazer valer a sua configuração nativa.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

REPOSITORIO PPA NATTY-QUASI-ROLLING UM RESUMÃO DAS MELHORES ATUALIZAÇÕES


O repositório natty-quasi-rolling é muito especial, pois é um repositório que vale pela maioria dos PPA, uma espécie de resumo das melhores atualizações dos repositórios ppa para o ubuntu 11.04, como trata-se de um mix vamos encontrar atualizações de fácil execução mais também vamos encontrar atualizações de execução extremamente complicada, entre as inúmeras atualizações deste repositório podemos destacar o pacote ntfs-3g 1:2011.1.15-0~natty, que traz mais velocidade e melhor escrita em partições NTFS, além do encoder x264 em sua extremamente melhorada versão 2:0.115.1943+git6e33b51-2~natty1, veja que são centenas de atualizações importantes, para adicionar este repositório, abra um terminal e digite o seguinte:

sudo add-apt-repository ppa:guido-iodice/natty-quasi-rolling

clique enter e aguarde o repositório e a chave serem adicionados, após no mesmo terminal digite o comando abaixo para atualizar o cache.
sudo apt-get update

espere o cache ser completamente atualizado e feche o terminal, e abra o gerenciador de atualizações veja que muitas atualizações estão desmarcadas, entretanto todas elas podem ser feitas e até recomendo que comece por elas, abrindo o synaptic, clicando no botão procurar e digitando o nome do pacote que se pretende atualizar ou parte do nome deste,no resultado da pesquisa clicando com o botão direito do mouse no nome do pacote marque para atualização, verifique o que vai ser instalado e desinstalado, e clique em aplicar, exatamente pelo fato de precisar de desinstalações e novas instalações é que estas atualizações não podem ser realizadas pelo gerenciador de atualizações. A única atualização que necessitou da instalação manual de pacotes externos até o momento, foi a da versão 2:0.115.1943+git6e33b51-2~natty1 do encoder x264, mais os pacotes podem ser baixados 64 bits neste link e 32 bits neste link, descompacte o arquivo e abra um terminal dentro da pasta que foi criada após a descompactação, e digite o comando:

sudo dpkg -i *.deb

Os arquivos serão todos instalados na ordem correta e imediatamente a atualização será liberada no gerenciador de atualizações, e vai ser marcada para atualização. Atenção - esta dica é para usuários avançados, por esta razão não entrei em detalhes maiores quanto a utilização do gerenciador de pacotes, pois um usuário de maior conhecimento sabe com certeza utilizar o synaptic, com extrema destreza.

domingo, 26 de junho de 2011

SOLUÇÃO PROBLEMA DESATIVAÇÃO DE EXTENSÕES FIREFOX 5.0


Como para muitos no ubuntu 11.04 o Firefox 5.0 foi instalado de forma até automático como uma atualização do 4.0.1, decidi não postar nada a este respeito pois já são muitos os post para instalação do Firefox 5.0, nesta versão a maior modificação se deu a nível de motor de javascript e segurança e realmente o firefox 5.0 é muito mais rápido que o firefox 4.0.1, mais com esta mudança brusca de versão ocorreu um problema até chato, pois a extensões não acompanharam a evolução da versão, e vão ficar desativadas quando da instalação do firefox 5.0, embora a grande maioria não seja realmente incompatível pois não houve nenhuma mudança em termo de interface de trabalho, nas versões anteriores isso se resolvia desempacotando e mudando o arquivo install.rdf, entretanto nesta versão até pela segurança reforçada não funciona este artificio, bati muita cabeça e a solução era simples e estava todo tempo ali, que é o seguinte:

A solução passa pela instalação de uma extensão Compatibility Reporter que desativa a verificação padrão do firefox sobre compatibilidade e tem uma politica bem mais inteligente do que simplesmente verificar um arquivo para dizer se uma extensão é compatível ou não com a versão para a qual se esta instalando a extensão, instale a extensão no link:

https://addons.mozilla.org/en-US/firefox/addon/add-on-compatibility-reporter/

A o instalar e reiniciar, quando acessar a pagina de complementos vai ter uma aviso de que a verificação esta desativada, não reative, pois a partir dai o que vai esta ativo é a politica de verificação da extensão, o que vai com certeza reativar as extensões desativadas que não forem realmente incompatíveis e permitir a instalação de extensões do firefox 4 que não forem realmente incompatíveis.

**Nota - A única extensão que encontrei ate o momento que mesmo ativada causou sérios problemas foi a flagfox, caso tenha esta extensão é recomendado a sua desinstalação.

sexta-feira, 10 de junho de 2011

SOLUÇÃO BUG DE NÃO DESLIGAMENTO, UBUNTU PERPETUO


Já estava com três versões do ubuntu que este bug não dava as caras em meu ubuntu que consiste em querer desligar e o botão de desligar na barra superior simplesmente não funciona e o ubuntu vai permanecer ligado ate que se proceda um desligamento incorreto, entretanto como o 11.04 é a penúltima versão antes da próxima LTS, já era de se esperar uma versão bem mais bugada que o normal mais a solução deste bug é até bastante simples bastante simples, que consiste em criar um lançador especial na área de trabalho da classe aplicativo no terminal, e ao clicar neste atalho já vai ser lançado o comando de desligamento no terminal automaticamente, e o terminal vai abrir lhe pedindo apenas a senha sudo digite o que esta sendo requerido clique em enter e o computador vai desligar normalmente, para este procedimento faça o seguinte:

1- Clique com o botão direito do do mouse na área de trabalho e clique na opção criar lançador.
2- Na janela que abrir, em tipo escolha aplicativo no terminal
3- No campo nome digite desligar PC
4- No campo comando digite sudo init 0
5- O campo comentário deixe em branco e clique na figura do botão do lado esquerdo e escolha um icone do sistema, clique em OK e estará criado o atalho especial para desligar o computador, em caso de falhas de desligamento.

Nota Importante - Este bug não tem apenas uma causa na maioria dos casos este comando vai funcionar em outros o bug é causado por instalações recentes de pacotes de terceiros com erros que causam o bug do não desligamento, na segunda causa a solução é lembrar a partir de qual instalação o ubuntu passou a ter o defeito e desinstalar o pacote totalmente ou seja através do synaptic com a desinstalação completa para expurgar as configurações também, ou com o comando sudo apt-get remove --purge nome-do-pacote no terminal.

terça-feira, 24 de maio de 2011

SOLUÇÃO BUG DO CD DE AUDIO NO UBUNTU 11.04


O ubuntu 11.04 esta pagando o preço, por ser a versão mais revolucionária que já peguei do ubuntu, e descobri hoje mais um bug chato que pelo menos na minha configuração de hardware apareceu de forma devastadora, que foi quando tentei ouvir um cd de audio que tinha acabado de gravar no k3b e rodava perfeitamente em outros cd players e dvds da casa testei outros cds de audio e nada, tente montar pelo terminal e a resposta era que não havia faixa de audio em /dev/sr0, e quando se colocava o cd de audio nada acontecia e sequer o ubuntu pedia para com que programa abrir como ocorre normalmente, ate agora não tinha rodado cd de audio por isso desconhecia o bug, mais encontrei a solução e a implementaçao é bastante simples consiste em dois comandos no terminal, para corrigir, abra um terminal e digite:

sudo modprobe sr_mod

clique em enter e depois no mesmo terminal digite

ln -sf /dev/sr0 /dev/cdrom

clique em enter e reinicie o computador

coloque o cd de audio no driver e o ubuntu deve abrir a janela agora perguntando qual programa utiliza para abrir a mídia

segunda-feira, 23 de maio de 2011

SOLUÇÃO BUG DO BLUETOOTH NO UBUNTU 11.04


Após o lançamento do ubuntu 11.04, eu ainda não tinha experimentado o adaptador bluetooth usb por pura falta de necessidade, entretanto fiquei intrigado quando espetei o citado adaptador no ubuntu e o ícone do bluetooth apareceu apagado e as opções de envio e recebimento de arquivos e adicionar dispositivo não existia, busquei uma solução e vi que o bug na verdade tinha uma relação direta com a montagem do dispositivo, e pesquisei muito na net até chegar a um consenso sobre a solução, e que repasso o conhecimento adquirido agora a todos os interessados como é compromisso deste blog com o fim de que outros não tenha este trabalho, para que tudo volte ao normal espete o adaptador e digite o seguinte no terminal:

sudo hciconfig hci0 reset

veja que instantaneamente ao dar o enter o simbolo do bluetooth no sistem tray se torna vivo e as opções que faltavam voltam imediatamente, mais para quem tem o adaptador usb não há outra opção a não ser digitar o comando novamente a cada vez que espetar um adaptador, mais para quem tem o adaptador interno já integrado como em alguns notes para tornar o processo automático durante o boot, basta digitar o seguinte em um terminal.

sudo gedit /etc/rc.local

e no arquivo que abrir colar o comando acima sem o sudo antes da linha exit0, fica assim:


hciconfig hci0 reset


não adianta fazer isso com dispositos usb que não estarão presentes durante o boot a não ser que eles estejam espetados no computador ao iniciar.

Dica importante - Para os que tem os dispositivos bluetooth usb removíveis existe apenas uma maneira de tornar o processo de por em funcionamento no ubuntu 11.04 mais automático, que é criar um lançador especial na área de trabalho da classe aplicativo no terminal, e ao clicar neste atalho já vai ser lançado o comando no terminal automaticamente, e o terminal vai abrir lhe pedindo apenas a senha sudo digite e o dispositivo estará ativado, para este procedimento faça o seguinte:

1- Clique com o botão direito do do mouse na área de trabalho e clique na opção criar lançador.
2- Na janela que abrir, em tipo escolha aplicativo no terminal
3- No campo nome digite Ligar Bluetooth
4- No campo comando digite sudo hciconfig hci0 reset
5- O campo comentário deixe em branco e clique na figura do botão do lador esquerdo e escolha um icone do sistema, clique em OK e estará criado o atalho especial para ativar o bluetooth, em dispositivos removíveis.

domingo, 22 de maio de 2011

FINALMENTE MICROSOFT OFFICE ON-LINE COMPATIVEL COM LINUX


Muita Gente ainda não esta utilizando microsoft office on-line do hotmail que age em conjunto com o skydriver, porque até bem pouco tempo este sistema era incompatível com linux, pois embora fosse on-line chamava dlls do sistema que só poderiam esta disponível em sistemas windows, entretanto de uns meses para cá o sistema passou por reformulações, até por causa do crescimento de outros sistemas operacionais como o mac os da apple, que também não tem as citadas dlls, a microsoft não pode manter a sua postura de exclusão de outros sistemas operacionais, sem prejudicar a própria suite on-line, por isso fica a dica para quem pretende utilizar um office on-line, temos agora duas opções completas que funcionam em todos os sistemas operacionais a do google e a da microsoft, que ficou bem legal rodando em linux, clique na foto acima para ver como roda no ubuntu 11.04.

sábado, 21 de maio de 2011

GUI GRAFICO DE CONFIGURAÇÃO DO UNITY 2D


Se você utiliza o unity seja ele 2D ou 3D com certeza deve ter sentido falta de uma gui de configuração grafica, pois no ubuntu 11.04 a interface unity veio por padrão com a barra lateral auto ocultando ao abrir uma janela, eu por exemplo não gosto de ter que tocar lá em cima no simbolo do ubuntu para que a barra lateral apareça acho bem mais confortável, que a barra fique lá onde está fixa, só que para mudar esta configuração seria necessário vário comando no terminal foi ai que descobri um pacote deb que me fornece todas estas opções de maneira gráfica, embora alguns sites afirmassem que o pacote consta dos repositórios oficiais do ubuntu mesmo com todos possíveis não consegui encontrar, e vasculhei vários ppas e nada, resolvi após minha longa busca disponibilizar este pacote muito útil para quem utiliza unity 2D ou seja os que não tem aceleração gráfica, como os pobres usuários de sis 671 / 672 e seus derivados e algumas placas de video que não tem um suporte razoável para linux.

O primeiro passo para a instalação é baixar o pacote procure pelo link correspondente a sua distro ubuntu 11.04 32 ou 64 bits, foi disponibilizado em dois servidores, para evitar problemas técnicos e de trafego:

link para 2d-desktop-setings 32 bits 4shared

link para 2d-desktop-setings 32 bits megaupload

link para 2d-desktop-setings 64 bits 4shared

link para 2d-desktop-setings 64 bits megaupload

os pacotes acima estão disponibilizados para o ubuntu 11.04 e seguramente vão funcionar nesta versão, após o download simplesmente clique no arquivo e vai abrir a central de central de programas do ubuntu com o botão instalar já direcionado para o arquivo, após a instalação na barra lateral do unity clique em aplicativos e na janela dos aplicativos no campo de pesquisa digite 2 e vai aparece a opção 2D-desktop-seting clique nesta opção e na janela que abrir, as três primeiras marcadas como launcher preferences são referentes a barra lateral a primeira opção é a default a segunda é a auto ocultação permanente ou seja a barra já sai oculta e só vai aparecer quando se clicar no simbolo do ubuntu, a terceira opção é always show é a barra lateral fixa, marque esta, também desmarquei em desktop show volumes and devices pois acho uma redundância, a barra mostrar os volumes montados e a área de trabalho também, desmarcando esta opção a área de trabalho passa a mostrar apenas os programas de maiores destaque que você por nesta área.

quinta-feira, 5 de maio de 2011

SILVERLIGHT 4.0 NO UBUNTU 11.04


O plugin da microsoft para videos e animações para web, esta presente em alguns sites, entretanto muitos imaginam que devido a ser um plugin desenvolvido pela microsoft, jamais iria funcionar no linux, entretanto o projeto mono desenvolveu o moonlight, trata-se de um silverlight para linux e que roda no firefox e na sua ultima versão também no chrome ou chromium, e este plugin realmente tem a API do silverlight 3 e parte da API do silverlight 4, e pode ser baixado como extensão do firefox no link abaixo, basta acessar a pagina escolher a versão correspondente ao seu sistema 32 ou 64 bits, geralmente esta identificação já é automatica, e o site já lhe dara o link correto da instalação, clique depois no quadro com a seta verde e o firefox vai te pedir permissão clique em permitir e aguarde o download hoje em torno de 15 mb, após reiniciar o firefox como a instalação de qualquer extensão este já estará apto a abrir animações e videos em silverlight, o link é o seguinte:


http://go-mono.com/moonlight/download.aspx


para testar abra a pagina deste site da microsoft que contém animações em silverlight


http://www.microsoft.com/pt/br/default.aspx


Para videos em silverlight clique com o botão direito do mouse em cima da animação que vai abrir na parte superior do site, que esta no link acima, e clique em moonlight settings e vai abrir as configurações do plugin na aba de nome playback clique no botão install microsoft media pack e faça o download dos codecs de audio e video do silverlight e este plugin estará habilitado a exibir além de animações audio e video no formato nativo da microsoft.

quarta-feira, 4 de maio de 2011

PPA LIBREOFFICE NO UBUNTU 11.04 OBRIGATORIO


Os repositório ppa tem sido utilizados ate agora para instalar versões mais avançadas dos softwares que acompanham o ubuntu, entretanto na versão 11.04 pela primeira vez vi ter como origem de um ppa uma atualização de aumento de desempenho e correção de bugs, é isso mesmo esta disponível nos repositório ppa do libreoffice, uma versão mais apurada do libreoffice 3.3.2 para o natty, com uma grande correção de bugs da versão e um desempenho bem melhor, veja o inédito aqui é que não se trata de uma nova versão mais da mesma da distro com melhorias, por isso o ppa do libreoffice passa a ser praticamente obrigatório no ubuntu natty, para adicionar o repositório ppa do libreoffice é simples, basta abrir um terminal e digitar:

sudo add-apt-repository ppa:libreoffice/ppa

clique enter e aguarde, lembrando que é obrigatório esta conectado a internet para o comando acima, e depois no mesmo terminal digite:

sudo apt-get update

clique enter e aguarde a atualização do cache dos repositórios e a atualização do libreoffice já estará disponivel no gerenciador de atualizações abra e faça as atualizações. O bom deste repositório é que além das atualizações de desempenho e correções você terá sempre em primeira mão as versões recém lançadas de forma automatica.

sábado, 30 de abril de 2011

PRIMEIRAS IMPRESSÕES UBUNTU 11.04 E SIS 672


O lançamento do ubuntu 11.04 se deu normalmente no dia 28 de abril de 2011, como sempre ainda restaram alguns bugs, pois quem instala do firestarter esta com um bug estranho que leva o firestarter a não abrir o registro do sistema e não demonstrar as tentativas de invasões, entretanto o firewall continua agindo isso pode prejudicar a percepção de um ataque ao sistema, além do X como um todo por ser um xorg muito recente esta muito instável, e o retorno dos problemas do plymouth em algumas placas de video como sis por exemplo talvez até pela instabilidade do xorg.
O funcionamento das placas sis 671/672/771/772 e series no ubuntu 11.04 foi facilitado pela feliz idéia de um integrante de um forum na indonésia, que me foi reportada no blog pelos comentários do amigo Chiro San no post que fiz sobre a novela do unity que acabou sendo lançado como default mesmo no ubuntu 11.04 o que vamos nos reportar ao final deste post, entretanto o principio basilar desta idéia é facilitar a compilação do driver sismedia no ubuntu, o que em tese daria ao ubuntu um driver sis 671 mirage 3 series que não tera mudanças de uma versão para outra uma vez que compilado dentro da propria maquina se adequa as caracteristicas do xorg e do sistema no momento do primeiro comando que inclui exatamente o termo configure, e o grande facilitador foi exatamente ter-se chegado a uma lista exata de pacotes necessários e a um comando de configuração que em todas vezes que fiz não deu sequer um erro no comando posterior, e o driver sismedia é um bom driver embora alguns digam que provoca bug no player de video isso não é verdade o que ocorre é que alguns player não trazem a opção de mudança da saida de video e como este driver apenas fornece a opção de video do X11 XV fica claro que players como totem e banshee não irão funcionar e em alguns caso vão até reiniciar o X, já mplayer, vlc e gnome-mplayer vão funcionar perfeitamente mudando a saida de video pois oferecem esta opção, para compilar o driver sismedia no ubuntu 11.04 não importando se o sistema é 32 ou 64 ou o tipo do xorg pois vai ser uma criação interna do driver e vai funcionar sem o xorg.conf e de uma forma que nunca testemunhei em sis 671 mirage3, o primeiro passo é instalar os pacotes necessários a compilação
Neste caso o melhor é o modo gráfico através do gerenciador de pacotes synaptic, abra o gerenciador para os que estão utilizando o modo classico basta ir para sistema - administração - gerenciador de pacotes synaptic os que estão utilizando unity clique na barra lateral no botão aplicativos e na caixa de pesquisa digite gerenciador clique no resultado que aparecer em gerenciado de pacotes synaptic, pronto agora com o gerenciador de pacotes aberto, vamos a instalação dos pacotes necessários. quando abrir o gerenciador de arquivos o seu uso é simples se restringe a pesquisar marcar para instalação e aplicar a instalação dos pacotes, que podem ser instalados em lote bastando marcar todos eles para instalação e aplicar ao final, para pesquisar clique no botão procurar com uma lupa logo do lado direito, e na janela que abrir digite o nome do pacote, para marcar no resultado da pesquisa vai aparecer um pacote com o mesmo nome, clique com o botão direito do mouse e depois clique na opção marcar para instalar e depois confirme, e após marcar quantos pacotes queira clique em aplicar na barra de tarefas na parte superior do programa e depois é so assitir, lembrando que é obrigatório esta conectado a internet, os pacotes a ser marcados e instalados para a compilação são os seguintes:

git
xorg-dev
mesa-common-dev
libdrm-dev
libtool
build essential


OBS: confirme as mudanças oferecidas em outros pacotes, e alguns já podem esta instalados ou já marcados para instalação deixe estes como estão e a falta de alguns destes pacotesou suas dependências levam o procedimento ao fracasso total.

após a instalação vamos baixar o driver propriamente dito o que neste caso se faz através de um repositorio especifico, através de um comando que vai baixar automaticamente o driver para a sua pasta pessoal, para isso abra um terminal e digite o seguinte:

git clone git://github.com/hellnest/xf86-video-sismedia-0.9.1.git

aguarde o final do download e o source code do driver vai esta em sua pasta pessoal o proximo passo é acessar a pasta do codigo portanto no mesmo terminal digite e clique enter

cd xf86-video-sismedia-0.9.1

Agora vem o pulo do gato é aqui onde esta o diferencial desta compilação pois o comando de configuração abaixo garantiu uma incrivel compatibilidade de compilação com o ubuntu, para configurar o driver no mesmo terminal entre com o comando:

./configure --prefix=/usr --disable-static

O driver já vai estar preconfigurado para o seu sistema seja ele 32 ou 64 então entre no mesmo terminal com o comando abaixo para criar o driver

make

Agora o driver esta configurado e criado para o seu sistema vamos instalar, pois esta instalação é muito diferente da deb, basta entrar no mesmo terminal com este outro comando:

sudo make install

Pronto agora o driver foi configurado, criado e instalado reinicie o sistema e ele já vai estar operando em 1280x800 neste caso não se faz necessário xorg.conf.

para os que tem resolução 1366x768 crie um arquivo de texto em branco com o gedit chamando no terminal sudo gedit e navegando ate a pasta /etc/X11 e nomeie este arquivo como xorg.conf e cole os codigos abaixo e salve:

Section "Device"
Identifier "Configured Video Device"
Option "UseTiming1366" "yes"
EndSection

Section "Monitor"
Identifier "Configured Monitor"
EndSection

Section "Screen"
Identifier "Default Screen"
Monitor "Configured Monitor"
Device "Configured Video Device"
EndSection


Agora que o sistema já esta funcionando vamos configurar a saida de video para que esta seja compatível com o driver conforme descrevemos acima, para isso entre com o comando abaixo em um terminal.

gstreamer-properties

A janela que aparecer sera identica a que ilustra este post, deixe as opções da aba video o mais parecida possivel com a do post clique na imagem acima para ampliar.

O totem e o banshee não modificam suas entradas de video logo são imcompativeis com este driver que apenas opera com saida X11, recomendo fortemente o gnome-mplayer que pode ser instalado pelo synaptic como já descrito tendo o cuidado de após a instalação ir em preferencias e logo na primeira aba da janela mudar a saida de video para X11, para os mais avançados também vale a pena mudar o plugin do firefox desinstalando o pacote totem-mozilla e instalando em seu lugar o gecko-mediaplayer, que é muito melhor que o primeiro embora tenha um cache padrão infinitamente maior pois esta originalmente regulado para transmissões de alta qualidade.

Eu já tinha utilizado este driver em versões anteriores do ubuntu, mais em forma de binário destinado para uma versão especifica do ubuntu de acordo com a arquitetura e o xorg, mais o mesmo driver e sempre ele teve esta limitação de apenas fornecer a saida de video do X11, não que ele gere um bug, mais os programas que utilizem video tem que esta utilizando saida X11 como o próprio driver, aqueles que não possam ser modificados para esta saida vão procurar as saidas de video para o qual estão regulados e claro não existem neste driver, podendo assim gerar um travamento por sua busca incessante e até um reinicio da parte grafica, mais em player de video que tenham a opção da saida X11 como o gnome-mplayer e o mais competo smplayer sempre modificando a saida de video do player para X11 que é a unica saida de video habilitada pelo driver, mais em X11 com 2D este driver é muito melhor que o vesa, pois não tem borrões ou linhas e a imagem é perfeita.

OBS: O sistema abre como gnome 2 entretanto recomendo que instale o unity 2D, por ser default do sistema esta mais adaptado as suas funções, para isso basta utilizar o synaptic na forma já descrita neste post, e pesquisar por unity no resultado da pesquisa marque para instalação unity-2d e sera instalado a interface e as dependências, reinicie o sistema, quando o computador abrir já estará em unity 2d pois esta é a interface default.

Anderson (chiro San) em mais uma contribuição valiosa a comunidade, para aqueles que tenham um conhecimento medio a grande, fez um script muito bom de instalação automática do driver que pode ser baixado no link abaixo.

http://www.ubuntero.com.br/wp-content/uploads/2011/07/Driver-sismedia-11.04-e-10.10.sh_.tar.gz

Atenção este script foi testado apenas no ubuntu 11.04 para instalar este driver em versões passadas do ubuntu faça manualmente como no post.

Link com script revisado e corrigido pelo autor em agosto de 2011 

 
OBS 2 - Por se tratar de uma compilação esta solução serve não apenas para o natty, mais para todas as versões passadas e até futuras do ubuntu, já testei no 10.10 e também ficou perfeito, e no futuro caso algum pacote da lista fique obsoleto, sera substituido por outro é apenas o trabalho de descobrir o substituto, que poderá ser facilmente encontrado no site ubuntu packages.



Lançado um novo post com aspectos específicos para a mesma instalação no ubuntu 11.10 que será lançado a alguns dias, pode ser acessado aqui.

Há um post mais recente de março de 2012 que traz explicações sobre a aplicabilidade desta instalação em versões mais avançadas do ubuntu e derivados como o kubuntu, xubuntu e lubuntu dentre outros, para acessar clique no link abaixo.

http://www.diversosassuntosbrasil.blogspot.com.br/2012/03/solucao-video-sis-671-672-771-772-e.html 

sexta-feira, 15 de abril de 2011

E CONTINUA A NOVELA UNITY E AGORA !


Todas as vezes que há um lançamento do ubuntu baixo no beta para que possa fazer os testes, entretanto agora no ubuntu 11.04 me deparei com uma verdadeira novela, pois agora no dia 08 de abril de 2011 a canonical a empresa responsável pelo ubuntu, chegou a anunciar que ao contrário do que vinha sendo testado o ubuntu 11.04, seria lançado esta versão com gnome 2, isso muda tudo entretanto quando me preparava novamente para biaxar e fazer um post, vem novamente os desenvolvedores do ubuntu no dia 14 de abril de 2011 com outra guinada de cento e oitenta graus, e confirmam o lançamento do 11.04 com unity, o que pode ser conferido neste link, post em inglês mais nada que um bom tradutor on-line não resolva.

http://lwn.net/Articles/438414/rss

com toda esta vacilação todos devem ter estranhado o fato de até agora não ter feito nenhum post a respeito do ubuntu 11.04, me desculpem mais estou pagando para ver e recomendo a todos para que instalem apenas após o lançamento pois um mudança de planos de ultima hora pode ser que nesta versão o beta ou o RC não seja sequer um pouco atualizavel por simples atualização através do synaptic ou por terminal, tendo que reinstalar do zero o que seria um desastre.